Seja bem vindo a SPEROCOIN!

A SperoCoin é uma criptomoeda desenvolvida com o intuito de criar um ecossistema descentralizado cujo maior objetivo é a aplicação da SUSTENTABILIDADE SOCIAL.

A sustentabilidade social implica em gerar renda sem perder o foco na redução das desigualdades sociais, com o propósito de melhorar a qualidade de vida da sociedade.

Contudo, isso não significa que a empresa vai deixar de lucrar ou correr atrás do lucro. Ao invés disso, a ideia é criar um modelo de negócios em que o lucro não está mais acima de tudo, mas fazer com que a empresa comece a se preocupar também com o seu impacto na sociedade em que está inserida.


Entenda o conceito de sustentabilidade social

Em 1972, surgiram, na Europa, as primeiras referências sobre sustentabilidade social. Porém, o tema só ganhou visibilidade com a publicação do Relatório Brundtland, também conhecido como relatório Nosso Futuro Comum.
O relatório foi publicado em 1987 após dezenas de reuniões da Comissão Mundial sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento, das Nações Unidas, liderada pela médica norueguesa Gro Harlem Brundtland e composta por especialistas de diversas áreas.
Este documento foi o primeiro a trazer para o discurso político o conceito de desenvolvimento sustentável. O relatório trouxe dados sobre o aquecimento global e a destruição da camada de ozônio, temas que eram bastante novos para a época de seu lançamento.
Além disso, ele também indicava uma série de metas a serem seguidas pelos países para evitar o avanço das destruições ambientais e o desequilíbrio climático.
Depois do Brundtland, outro documento que trouxe à tona o tema de sustentabilidade social foi a Agenda 21. Ele consiste um instrumento de planejamento para a construção de sociedades sustentáveis, em diferentes bases geográficas, que concilia métodos de proteção ambiental, justiça social e eficiência econômica. Nesse sentido, a Agenda 21 foi resultado da conferência Eco-92 que aconteceu em 1992 no Brasil.
Como se pode perceber, a sustentabilidade social teve como ponto de partida referências totalmente ligadas às questões do meio ambiente. Por isso, construir o conceito do jeito que ele é visto hoje foi um processo que perdura há quase três décadas.